Psicomotricidade Relacional

Conhecendo a Psicomotricidade Relacional

A Psicomotricidade Relacional é um método de mediação corporal que, utilizando o jogo espontâneo e privilegiando a comunicação não verbal, proporciona um espaço de liberdade, no qual a criança pode se mostrar na sua inteireza, demonstrando seus desejos, fantasias, medos e, ainda, potencializa o desenvolvimento global, facilitando as relações afetivas e sociais.

Como acontece?

Atualmente, participam desta proposta as turmas de Berçário a Infantil 3 e turmas de  Período Integral com faixa etária de 4 a 6 anos. As sessões são semanais, com duração de 45 a 60 minutos, aproximadamente. 
 
Em horário extraescolar oferecemos grupo optativo para crianças de 4 a 6 anos, para as famílias que, desejem que seus filhos participem desta vivência.

 

O que buscamos?

Através do brincar essa proposta visa:
 
  • Favorecer a criança uma relação consigo mesma, com o outro e com o mundo que a cerca, possibilitando-a um melhor conhecimento de seu corpo e de suas possibilidades. 
  • Proporcionar a expressão e compreensão de emoções e sentimentos, vivenciando-os de forma construtiva, trabalhando aspectos como: agressividade, inibição, limites, dentre outros.
  • Auxiliar no desenvolvimento da autoestima;
  • Favorecer e desenvolver a conquista da autonomia;
  • Prevenir dificuldades relacionais que possam interferir no processo ensino e aprendizagem;
  • Potencializar o desejo de aprender;
  • Trabalhar aspectos fundamentais do desenvolvimento psicomotor, como: esquema corporal, lateralidade, noção tempo-espaço, entre outros.

Aspectos avaliados:

PSICOMOTORES
  • Coordenação Motora Ampla e Fina;
  • Noção de Esquema Corporal;
  • Organização Espaço Temporal.
 
RELACIONAIS
  • Socialização;
  • Afetividade;
  • Agressividade.

Fontes Bibliográficas

  • LAPIERRE, André e Anne. O adulto diante da criança de 0 a 3 anos. Ed. UFPR, 2002.
  • LAPIERRE, André e AUCOUTURIER, Bernard. A Simbologia do movimento. Ed. Filosofart, 2004.